sexta-feira, 3 de abril de 2015

Grupo TPC, Natura e Renault apresentam primeiro carro elétrico do Nordeste

O primeiro veículo de carga 100% elétrico a entrar em operação de logística no Nordeste foi apresentado ao público na  abertura do segundo Fórum Nordeste de Logística, em Salvador. O automóvel modelo Kangoo ZE fará entrega dos produtos da Natura na região da capital baiana.

eletrico1-ecod.jpg
Com um custo médio de R$ 5 por carga elétrica, o veículo rodará entre 80 e 120 km
Fotos: Divulgação

O veículo de carga elétrico do Grupo TPC faz parte do projeto Logística Sustentável, no qual a empresa adota uma política de ações de sustentabilidade junto ao meio ambiente e nas regiões onde atua. “Nos últimos anos buscamos alternativas no que diz respeito à redução de emissão de CO² em nossas operações de logística urbana. Concluímos que a melhor alternativa é o veículo elétrico e, dessa forma, decidimos renovar nossa frota com este modal de transporte e estender a toda região Norte e Nordeste”, destacou Leonardo Barros, presidente do Grupo TPC.


70 entregas


A otimização de processos, a diminuição da emissão de gases estufa e a redução do consumo e do desperdício de insumos são algumas das iniciativas da Natura a favor de práticas cada vez menos agressivas ao meio ambiente. O mais novo movimento feito nesse sentido é a ampliação do uso de transportes sustentáveis nas operações logísticas.

O veículo elétrico fará cerca de 70 entregas diárias na região metropolitana de Salvador para as operações da Natura e contará com um posto de abastecimento energético no Centro de Distribuição do Grupo TPC na cidade de Simões Filho. Com um custo médio de R$ 5 por carga elétrica, rodará entre 80 e 120 km.

"Pesquisamos em diversas feiras a melhor alternativa para atender nosso projeto de logística sustentável e suprir a Natura. A Renault foi a empresa que nos ofereceu o veículo 100% elétrico e homologado para rodar no País”, explicou André Sampaio, diretor de logística geral do Grupo TPC.

A Natura já contava com alguns veículos movidos a etanol, como dois caminhões e um ônibus fretado que leva parte de seus funcionários de São Paulo até sua sede em Cajamar. A novidade agora é a expansão do uso de veículos elétricos. Após a utilização pioneira no Brasil de veículos desse tipo, em São Paulo, Campinas, Curitiba e Rio de Janeiro, o projeto piloto se expande agora para o Nordeste.

ECOD

GALERIA DE FOTOS (clique na imagem para ampliar)