domingo, 19 de janeiro de 2014

Google se junta a grandes fabricantes para levar Android aos carros

O Google fez parcerias com diversas fabricantes de automóveis  com o objetivo de trazer o Android para carros até o final deste ano.


Para conseguir isso, a gigante das buscas, em conjunto com a Audi, a General Motors (GM), a Honda, a Hyundai e a Nvidia, lançou a Automotive Open Alliance (OAA). A OAA quer acelerar a inovação automobilística com uma abordagem que oferece a abertura, personalização e escala, disseram as empresas em um comunicado à imprensa.

"Colocar o Android no carro trará aos motoristas aplicativos e serviços que eles já conhecem e amam, enquanto permitirá que as montadoras entreguem mais facilmente a tecnologia de ponta para seus clientes. E isso irá criar novas oportunidades para desenvolvedores ampliarem a variedade e profundidade do ecossistema de aplicativos Android", disse o diretor de engenharia Android, Patrick Brady, em um post no blog da empresa.

A aliança também está desenvolvendo novas funcionalidades para a plataforma Android, o que permitirá que o carro se torne um dispositivo Android conectado, disseram as empresas, acrescentando que mais detalhes sobre a parceria serão liberados em breve.

Com Android integrado em seus carros, os motoristas deverão ser capazes de usar os serviços móveis, sem interferir o foco na estrada, disseram. E porque o Android é uma plataforma já existente e familiar para os desenvolvedores, eles serão capazes de oferecer uma experiência mais poderosa para os usuários.

Ao optar pelo OS, as montadoras poderão utilizar uma plataforma que já está sendo usada por milhões de pessoas afim de proporcionar uma experiência familiar e consistente aos seus clientes, diz o comunicado.
Algumas fabricantes de automóveis já usam o Android. A Kia, por exemplo, apresentou um sistema de informação e entretenimento com plataforma durante o evento New York International Auto Show em abril de 2013, alegando ser o primeiro a utilizar esse sistema em seus carros.

Os membros da Open Automotive Alliance convidaram outrous a se juntar a eles para trabalhar na construção de uma plataforma comum e trazer o Android para a estrada. As empresas esperam que os primeiros carros da aliança com integração Android esteham disponíveis até o final deste ano.
Não são os únicos

Outras empresas de tecnologia como a Apple e a Microsoft também estão dando ênfase na integração de dispositivos móveis e carros. O CEO da Apple, Tim Cook , por exemplo, chamou tal integração de "um foco muito importante para a Apple".

Na última conferência para desenvolvedores, a Apple lançou o "iOS no carro", uma interface para automóveis, que permite aos proprietários do iPhone 5 - ou versões mais recentes do dispositivo - a fazer chamadas, acessar músicas, obter direções e enviar e receber mensagens usando o visor e controles do carro.

Enquanto o site da Apple ainda lista o "iOS no carro" como algo a ser lançado "em breve", a Honda anunciou em novembro que começou a oferecer uma das suas ferramentas, Siri Eyes Free, em alguns novos modelos do Acura e Accord. O Siri Eyes Free permite aos usuários do iPhone que executem determinadas tarefas com comandos de voz.

A Microsoft desenvolveu uma tecnologia similar com a Fiat Auto chamada de Blue & Me, que permite aos motoristas a emparelhar de seus smartphones com carros Fiat, Alfa Romeo e Lancia via Bluetooth. 

A plataforma permite que usuários realizem ligações, ouvir mensagens de texto e reproduzir arquivos de música sem necessidade do uso das mãos.O Blue & Me também oferece navegação e um programa que ajuda a otimizar o consumo de combustível, entre outras opções.

(IDGNOW)