sábado, 12 de outubro de 2013

Ford mostra nova tecnologia que estaciona carro de forma automática

Tecnologias permitem estacionar o carro automaticamente - apertando um botão - e desviar de objetos que estão no meio do caminho.

A Ford apresentou uma nova tecnologia que estaciona o carro para você, enquanto você observa tranquilamente a performance do lado de fora - e tudo isso somente apertando um botão.
A Fully Assisted Parking Aid é uma evolução do Active Park Assist, um recurso atualmente disponível em veículos como o Ford Focus 2014, que requer que o motorista fique parado.
Outra tecnologia chamada de Obstacle Avoidance pode detectar objetos que se deslocam lentamente ou que estejam parados (como pessoas) a cerca de 200 metros de distância do veículo. Se o objeto está no caminho enquanto estaciona, e o motorista não tem qualquer reação, o carro pode assumir o controle e desviar do obstáculo ou acionar os freios.
A Ford disse que testou a tecnologia em velocidades acima de 60km/h.
Os projetos de pesquisa foram anunciados nesta semana, na Bélgica. Não existe um prazo definido de quando vamos ver a tecnologia em um carro Ford ou Lincoln em um revendedor perto de você.
No início deste ano, a Audi apresentou uma tecnologia de autoestacionar carros semelhante chamada de Piloted Parking, durante a CES 2013, em Las Vegas. 
Os motoristas podem mandar os seus carros encontrar uma vaga de estacionamento sozinhos. 
A Ford não indicou o alcance da Fully Assisted Parking Aid, mas as demonstrações mostraram um motorista de pé a poucos metros do veículo, sugerindo uma conexão Bluetooth que abrange cerca de 10 metros.
A tecnologia Obstacle Avoidance também tem uma precedência com outras montadoras. No Mercedes-Benz E550 2014, por exemplo, o carro também pode detectar objetos e acionar os freios. No Infiniti Q60 2013, a tecnologia funciona em sentido inverso: o carro pode detectar um objeto que aparece atrás do carro.
A pesquisa da Ford é importante, porque aponta para manobras de veículos mais automatizados no futuro para condução sem as mãos. E, olhando ainda mais para frente, poderemos ser capazes de programar o nosso carro em uma modalidade de piloto automático para pegar as crianças ou para que ele se autoconduza ao posto de gasolina. 
Os computadores podem procurar objetos mais rapidamente do que qualquer ser humano e, mais importante, em todas as direções ao redor do carro.
E não seria mau se nós pudéssemos ensiná-los a levar o cachorro para passear, hein?
(IDG NOW)