sábado, 29 de junho de 2013

Nova solução da Kaspersky protege PC antes da inicialização do sistema

O Kaspersky Anti-Virus para Unified Extensible Firmware Interface (KUEFI) foi projetado para verificar determinados arquivos de sistema e endereços de memória antes que o OS seja carregado, por meio de um chip ROM.
A ideia é que malwares escondidos na plataforma - que não são detectados por softwares antivírus comuns ou mesmo que não permitem que as soluções de segurança sejam carregadas por completo na máquina - possam ser identificados.

Conforme a configuração do software, uma vez que a ameaça é detectada, o KUEFI permite o bloqueio por completo do processo de boot até que um especialista qualificado possa avaliar o equipamento.

"Anteriormente nossos inimigos estavam sempre um passo à frente. Eles eram os primeiros a encontrar brechas, pontos fracos ou vulnerabilidades 0-day, enquanto tínhamos que encontrar uma solução para esses ataques. Mas agora, eles não serão mais capazes de esconder suas atividades maliciosas, uma vez que o KUEFI rodará no nível mais baixo possível para garantir que o sistema do usuário esteja limpo e seguro", explica o CTO da Kaspersky Lab, Nikolay Grebennikov.

A solução foi desenvolvida para uso de organizações com exigências de TI mais rigorosas, como agências de Estado, organizações militares, usinas, indústrias, e quaisquer outras onde a perda ou corrupção de dados e vazamento de informações por conta de um ataque malware representa grande ameaça.

A Kaspersky vende as licenças para as fabricantes de PCs que pré-instalam o antivírus na máquina na fase de montagem. O custo varia de acordo com o número de máquinas solicitadas pela empresa, que terão a proteção implementada; e também com a localização do cliente e outros fatores.

A empresa afirma que há planos futuros para ampliar a distribuição da solução para consumidores finais, mas ainda sem data específica.

(IDG NOW)