sábado, 21 de maio de 2016

Concurso mundial escolherá nomes para exoplanetas

Pela primeira vez, a União Astronômica Internacional (IAU) organizará um concurso mundial para que o público possa batizar estrelas e seus exoplanetas recém-descobertos.

Concurso mundial para batizar exoplanetas
União Astronômica Internacional abrirá um concurso para batizar exoplanetas recém-descobertos. [Imagem: IAU/M. Kornmesser/N. Risinger]Voltando às origens
Objetos celestes têm sido batizados há milênios - geralmente por seus descobridores - muito antes que existisse qualquer sistema científico de nomenclatura.
Porém, quando a IAU foi criada, em 1919, os astrônomos profissionais delegaram à instituição a tarefa de dar "nomes científicos oficiais" aos corpos celestes que fossem descobertos a partir de então.
O resultado é um amontoado de letras e números sem nenhum significado linguístico, sem referências culturais ou literárias e, sobretudo, distanciando-se cada vez mais dos nomes populares pelos quais os astros e constelações pré-IAU continuam sendo conhecidos.
Agora a entidade parece que vai sair um pouco da torre de marfim, segundo ela própria "em resposta ao aumento do interesse do público em fazer parte das descobertas na astronomia".
Na verdade, o público nunca se desinteressou pela astronomia, uma preocupação central da maioria das civilizações, a nossa não sendo uma exceção. E parte significativa das descobertas na área é feita ainda hoje pelos assim chamados "astrônomos amadores", aqueles que fazem astronomia sem receber salário.
Batismo de planetas
Os nomes para os planetas extrassolares deverão ser propostos por clubes de astronomia e organizações sem fins lucrativos interessadas em astronomia, e as propostas serão votadas pelo público de todo o mundo.
O concurso de batismo cósmico inicial envolverá uma lista de 305 exoplanetas bem caracterizados, descobertos antes de 31 de dezembro de 2008.Estes exoplanetas pertencem a 260 sistemas exoplanetários, compreendem entre 1 e 5 membros, além da sua estrela hospedeira.
O site para que as instituições e clubes de astronomia possam se cadastrar deverá entrar no ar em Setembro. Mas as sugestões deverão seguir um conjunto estrito de regras que a IAU preparou. E cada grupo terá permissão para sugerir nome para apenas um exomundo.
A votação do público começará em Março de 2015.
A iniciativa conta com o apoio do Zooniverse, um portal de ciência cidadã que surgiu a partir do projeto Galaxy Zoo e agora abriga dezenas de projetos que permitem que voluntários participem de pesquisas científicas.

Mais detalhes no site NameExoWorlds, no endereço www.nameexoworlds.org.
(Fonte: Redação do Site Inovação Tecnológica )