quinta-feira, 21 de abril de 2016

MEC lança biblioteca de videoaulas, o "MECFlix"

O MEC lançaram hoje o portal Hora do Enem, com um conjunto de ambientes virtuais cujo objetivo é preparar alunos para realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A maioria dos ambientes começam a funcionar apenas em 30 de abril.


Entre os ambientes da nova plataforma está o MECFlix, uma seleção de centenas de videoaulas e milhares de exercícios que os alunos podem acessar estabelecendo antes um plano de estudos, no qual informa que carreira pretende seguir e quantas horas por dia pretende estudar para o Enem. O sistema traça, com base nesses dados, uma seleção de conteúdo e uma rotina para o aluno seguir. O ambiente tem estreia prevista para 30 de abril e traz ainda notícias atualizadas sobre o Enem e um programa diário produzido pela TV Escola.

O MECFlix também trará uma plataforma de estudo personalizado de preparação para o Enem. Ela terá um aplicativo disponível para web e android com as videoaulas e os exercícios abrangendo a matriz de conteúdo do Enem. Permitirá um diagnóstico individual e um plano de estudos personalizado. O aplicativo também permitirá que os gestores das redes públicas e o Ministério da Educação acompanhem o progresso dos alunos até a realização do Enem. Os dados poderão ser utilizados para análises de direcionamento de políticas públicas.

O programa de TV, também nomeado Hora do Enem, tem estreia prevista para maio. Ele comporá a grade da TV Escola e terá dicas de especialistas, vídeo resoluções realizados por parceiros do setor educacional, comentários de professores experientes e muito mais. Terá meia hora de duração e será exibido todos os dias às 18h, com reprises às 7h, 13h e no fim de semana. Mais de 40 canais de todo o Brasil, entre TVs universitárias e canais estaduais, vão reproduzir o programa em suas grades.

O portal Hora do Enem realizará o seu primeiro simulado on-line já no próximo dia 30, com o objetivo de atingir os 2,2 milhões de estudantes do último ano do ensino médio das redes pública e particular. Caso o estudante não tenha condições de realizar o simulado em computador próprio, o Ministério da Educação oferecerá 120 mil acessos por meio de universidades e institutos federais, instituições particulares e comunitárias e escolas estaduais de ensino médio. Esses estudantes precisam fazer inscrição para os locais de prova de 11 a 15 de abril, por meio da plataforma Hora do Enem.

Ainda estão previstos mais três simulados: dias 25 de junho, 13 de agosto e 8 e 9 de outubro. Os simulados seguirão o mesmo formato das questões do Enem. Com isso, as avaliações serão capazes de estimar uma nota no Enem, com o objetivo de preparar os estudantes para as provas.

O portal, com acesso totalmente gratuito, é uma parceria entre o Ministério da Educação e o Serviço Social da Indústria (SESI), além da TV Escola, canal público do MEC. Visite o Hora do Enem aqui.

(Fpnte: Acheseucurso)