domingo, 5 de abril de 2015

Usina de etanol produzido com batata-doce é inaugurada em Tocantins

A UFT (Universidade Federal do Tocantins) inaugurou  a usina de etanol produzido a partir de batata-doce em Palmas.

O projeto é um convênio da universidade com Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam). A usina vai produzir até 3.000 litros de etanol diariamente.

Além do etanol, a usina de Palmas irá produzir também glucose, álcool em gel e ração animal.

Iniciado há 12 anos, o projeto nasceu da pesquisa do professor Márcio Antônio da Silveira e contou com investimento inicial de R$ 20 mil, feito pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Atualmente, a usina conta com investimento de R$ 1,2 milhão e emprega 44 profissionais, incluindo pesquisadores e alunos da UFT.

De acordo com Fabiano Souza, coordenador do projeto, a incorporação da batata-doce como matéria-prima para a produção de álcool é uma forma de incluir pequenos e médios produtores no ciclo. A usina também servirá como um laboratório para cursos da UFT e desenvolvimento de novas tecnologias que atendam às necessidades ambientais.

 (Fonte: UOL)