quinta-feira, 2 de abril de 2015

Executivo da Google defende que humanos poderão viver até os 500 anos

Bill Maris, da Google Ventures, afirmou ter US$ 425 milhões para investir em projetos inovadores de companhias de saúde.

Se depender de Bill Maris, presidente da Google Ventures, a expectativa de vida do ser humano ficara próxima da imortalidade.
Em entrevista à Bloomberg, o executivo de 40 anos defende que já temos ferramentas suficientes para alcançar e realizar qualquer projeto, por mais ambicioso que seja. 
Vale lembrar que a Google Ventures já foi responsável por investimentos em projetos audaciosos, caso do SpaceX de Elon Musk e é um dos investidores do aplicativo Uber. 
E a expectativa de Maris é viver o suficiente para ver o próprio centenário ou, melhor, seus 500 anos: “Se hoje você me perguntar será possível viver até os 500 anos? A resposta é sim”, disse em entrevista. “Eu só espero viver o suficiente para não morrer”.
O executivo informou à reportagem que possui US$ 425 milhões disponíveis para investir e que a maior quantia deve ser destinada a empresas de saúde. 
No passado, a companhia já investiu uma quantia considerável - 130 milhões de dólares - na Flatiron Health, startup americana que criou uma plataforma que utiliza Big Data para gerar informações sobre diferentes tipos de câncer. 
Ele lembra que há 20 anos, sem o conhecimento do genoma, doenças como o câncer seriam tratadas com um  “veneno”. “Isso é bem diferente de 'nós podemos curar seu câncer por meio de células tronco usando engenharia reversa'”, sugere. 
“Em 20 anos, a quimioterapia será algo tão primitivo, será como usar um telégrafo. Agora você pode investir legitimamente em uma empresa que pode curar o câncer”, defende.
(COMPUTERWORD)