sexta-feira, 10 de abril de 2015

Denúncia de ex-treinador do SeaWorld revela que baleias são drogadas para entreter

As baleias que participam dos famosos shows do SeaWorld, cujos parques estão localizados em San Diego e San Antonio, nos Estados Unidos, são dopadas diariamente para fazerem as coreografias que encantam centenas de pessoas todos os dias. A denúncia é de John Hargrove, ex-treinador de orcas do complexo.

 seaworld-ecod.jpg
Baleia executa coreografia diante de público no parque da SeaWorld em San Antonio, no Texas
Foto: The Jacobin

"Nós tivemos baleias que foram medicadas todos os dias de sua vida", escreveu Hargrove no livro Beneath the Surface: Killer Whales, SeaWorld and the Truth Beyond Blackfish (“Abaixo da Superfície: Orcas Assassinas, SeaWorld e a Verdade por trás dos Blackfish”, em português).


Uma investigação realizada pelo site The Dodo com outros ex-treinadores confirmou os fatos. Procurado, o SeaWorld preferiu não se pronunciar sobre o assunto.Segundo o ex-treinador, a utilização de antipsicóticos para baixar os níveis de testosterona e benzodiazepínicos para deixá-los calmos era mais do que comum e o excesso de medicamentos, junto ao estresse dos aquários, muitas vezes levava ao aparecimento de úlceras e fungos, o que significava mais dependência de remédios.


A polêmica ajuda a reacender a discussão sobre a utilização de animais para o entretenimento humano, prática que ocorre em zoológicos e circos do mundo inteiro, e que muitas vezes resulta em maus tratos.

Assista ao vídeo (em inglês) que já tem mais de 5 milhões de visualizações no Youtube:


ECOD