terça-feira, 21 de abril de 2015

Costa Rica se aproxima este ano de 100% de energia obtida de fontes limpas

Durante este ano, 97,1% da eletricidade consumida na Costa Rica virá de fontes limpas, graças a condições climáticas favoráveis à geração hídrica, anunciou na sexta-feira o estatal Instituto Costarricense de Electricidad (ICE).


Apenas 2,9% da geração demandará o consumo de combustíveis fósseis, um avanço importante com relação a 2014, quando a energia térmica representou 10,3% do total, indicou a companhia.

Isto foi possível “graças ao modelo desenvolvido no país nos últimos 66 anos” e a que “as condições hidrológicas são favoráveis, inclusive em março, que é historicamente um mês muito seco”, explicou o diretor do Centro de Planejamento e Desenvolvimento Elétrico do ICE, Gilberto de la Cruz.

O funcionário disse que, nos primeiros 75 dias de 2015, que correspondem ao período da estação seca, ocorreram chuvas que permitiram manter os maiores reservatórios acima dos níveis previstos.

Com uma infraestrutura desenvolvida de geração hidrelétrica, a Costa Rica vem reduzindo progressivamente sua dependência de combustíveis fósseis para satisfazer suas demandas de energia.

Paralelamente, aumentam os projetos de geração geotérmica e eólica.

Um estudo recente da organização ambientalista Fundo Mundial para a Natureza (WWF, na sigla em inglês) destacou que o país centro-americano “está perto de alcançar 100% na produção de energia renovável”, o que constituirá um novo marco em sua trajetória ambiental.

Segundo a mesma fonte, 99,43% dos lares costa-riquenhos têm energia elétrica.

O ICE anunciou que, devido à redução do uso de biocombustíveis, as tarifas elétricas para a população vão tender à baixa este ano. 

(Fonte: Terra)