domingo, 5 de abril de 2015

Alimentos orgânicos podem se tornar obrigatórios na merenda escolar em São Paulo

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou recentemente um Projeto de Lei (PL) que inclui, obrigatoriamente, alimentos orgânicos e integrais na merenda escolar.

merenda-ecod.jpg
Até hoje, a lei 11.947/2009 obrigava as escolas a comprarem pelo menos 30% dos alimentos dentro da agricultura familiar
Foto: Fernando Pereira/Secom


De autoria dos vereadores Gilberto Natalini (PV), Ricardo Young (PPS) e Nabil Bonduki (PT), o PL 451/2013 estabelece que os alimentos venham prioritariamente da agricultura familiar, com o objetivo de uma merenda mais saudável e sem agrotóxicos, a fim de aumentar a qualidade de vida das crianças e ainda incrementar a renda de pequenos produtores.

Até hoje, a lei 11.947/2009 obrigava as escolas a comprarem pelo menos 30% dos alimentos dentro da agricultura familiar, ação cumprida pela Prefeitura a partir de 2013, somando 1,4 mil toneladas de alimentos adquiridos.

A nova lei, que ainda precisa ser sancionada pelo prefeito Fernando Haddad, vem em boa hora, uma vez que, no Brasil, a obesidade ou sobrepeso atinge cerca de 47,6% do público infantil, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na sua opinião, a medida deveria ser replicada em todo o Brasil?

ECOD