sábado, 22 de novembro de 2014

Bateria movida a água pode durar até 15 anos, afirma cientista

As baterias de íon-lítio, o padrão utilizado atualmente, duram apenas cerca de mil ciclos, custam dez vezes mais para serem fabricadas e são nocivas ao meio ambiente, porque são produzidas com substâncias tóxicas. 

bateria-agua-ecod.jpg
"Essas baterias duram cerca de 5 mil ciclos de recarga, o que dá a elas uma vida útil estimada de 15 anos", afirmou o professor Sri Narayan
Fotos: Divulgação/University of Souththern California

Ao pensar nisso, cientistas da University of Souththern California, nos Estados Unidos, desenvolveram uma bateria baseada em água e em um composto orgânico que, além de ser simples de ser produzida, é ecológica e durável.

"Essas baterias duram cerca de 5 mil ciclos de recarga, o que dá a elas uma vida útil estimada de 15 anos", afirmou o professor Sri Narayan, um dos responsáveis pelo projeto, publicado no Journal of The Ectrochemical Society.

bateria-agua-interna.jpg

A bateria pode ser produzida graças a um composto orgânico chamado quinona, que é encontrado em fungos, plantas e em alguns animais e que é responsável pela fotossíntese e respiração das células. Ao entender como a natureza armazena e transfere energia, os pesquisadores conseguiram reproduzir o modelo na forma da bateria.

A expectativa agora é que o desenvolvimento de uma tecnologia como essa possa aumentar a utilização de energia limpa em escala global.

(ECOD)