terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Casa sustentável pode ser construída com R$ 18 mil em menos de seis semanas

Inspirado na Compact Living japonesa, o artista Steve Areen criou a Dome Home (Casa-Cúpula) na Tailândia - país populoso que necessita de novas ideias para moradia. 


O fotógrafo e músico, que agora deseja apresentar o conceito nos Estados Unidos, gastou apenas US$ 8 mil (cerca de R$ 18 mil) e precisou de seis semanas para desenvolver a construção barata, simples, sustentável e com design arrojado.

Na estrutura é possível perceber tijolos, concretos e madeira que Areen conseguiu junto à população local, que também o ajudou a construir portas, prateleiras, um lago e uma pequena varanda. A casa é aquecida naturalmente e iluminada por janelas, além de um quarto com telhado verde.

A ideia surgiu a partir da viagens que o artista realizou pelos lugares mais remotos do mundo. Em uma dessas aventuras, Areen chegou ao noroeste da Tailândia, onde encontrou um pequeno pedaço de terra e conseguiu autorização para construir a casa inovadora.

"Em 2011 eu fiz uma visita maravilhosa a Tailândia, com meu amigo Hajjar. Durante anos, ele me inspirou com suas ideias criativas, desta vez foi a Dome House. Hajjar estava me ajudando a criar uma esfera perfeita. Ele e sua esposa me ofereceram um lugar na sua grande fazenda de manga para construir minha própria cúpula. Bem, em cerca de seis semanas, eu e dois ajudantes construímos a casa e pintamos.
O custo para a estrutura básica foi menos de US$ 6 mil. Levou mais alguns meses para adicionar os detalhes, como portas, telas, prateleiras, lagoa, sala, pedra e paisagismo. Tudo isso, incluindo mobiliário, foi provavelmente menos de US$ 3 mil. Trazendo o meu custo total de cerca de US$ 9.000. Mas isso é na Tailândia, onde as coisas são de baixo custo e as leis são flexíveis. Meu próximo desafio será levar esta ideia aos Estados Unidos. Com certeza, todos os meus projetos futuros serão construídos com blocos de terra comprimidos" - Steeve Areen.

GALERIA DE FOTOS 


(ECOD)