domingo, 22 de dezembro de 2013

Quais as melhores ferramentas para detecção de malware?

Pasquisa feita pela A-V Comparative mostra os programas antimalware mais efetivos no quesito detecção e remoção de malware depois da máquina já estar infectada.

A empresa de análises A-V Comparative divulgou uma lista de novembro de 2013 com os programas antimalware que fazem o melhor trabalho em se tratando de remoção de ameaças de um sistema já infectado.

O que isso significa? Como a A-V Comparative observa, a maioria dos usuários de PCs não considera instalar uma solução antivírus até que suas máquinas estejam infectadas, então a intenção da análise não é rever as taxas de detecção, mas sim verificar o quão bem esses softwares conseguem limpar um sistema já contaminado.

"Uma boa taxa de detecção de malware é muito importante para encontrar uma ameaça já existente no sistema", afirma o relatório. "No entanto, a alta proteção ou taxa de detecção de um produto não significa necessariamente que tal produto tem boa capacidade de remoção. Por outro lado, um produto com uma taxa de detecção baixa pode sequer encontrar a infecção e ser capaz de removê-la".

Dito isso, vários pacotes populares receberam três estrelas, a melhor avaliação possível: Kaspersky Lab, BitDefender, Avira, Fortinet, ESET, Avast e Panda - listados em ordem de seu desempenho. O Kaspersky foi classificado como o pacote de segurança com o nível de proteção mais elevado entre os testados.

Note que simplesmente remover um malware não é um processo binário; como observa o relatório, "remover" o malware pode deixar o sistema com qualquer coisa: de arquivo de hosts comprometidos a um gerenciador de tarefas desativado. 

O relatório também fornece uma lista acessível de links para "recuperação de disco", no caso de o seu sistema ficar seriamente corrompido. Alguns malwares irão bloquear o acesso a sites de fornecedores, exigindo a necessidade de acesso offline. 

Então, quais os fabricantes fornecem detecção e remoção de malware superiores? Felizmente, os principais fabricantes fazem as duas coisas. Apesar de malware e antimalware serem constantemente atualizados e reescritos, o teste de proteção do mundo real da A-V Comparatives  para outubro 2013 identificou que o Kaspersky, o Panda, e o Trend Micro detectaram tudo o que o site lançou neles, conseguindo a maior pontuação. 

O Avast e o Avira também se saíram bem. E a Microsoft? Infelizmente, embora sua solução tenha detectado 92% do malware, ainda terminou em penúltimo no ranking.

Os últimos detalhes são boas notícias para o seu orçamento, uma vez que o Avast é uma das soluções antivírus gratuita mais notáveis ​​lá fora. O próprio antimalware do Windows pode fazer das conta da maioria dos casos, mas fique esperto - invista em qualquer um dos dois, Avast ou um pacote pago.

(PCWORLD)