sábado, 1 de junho de 2013

Um terço dos matriculados na Unicamp neste ano é de escola pública

Dados foram divulgados ontem pela própria universidade que fez um balanço das matrículas de 2013.


A Unicamp divulgou nesta quinta-feira um balanço dos alunos matriculados neste ano na universidade. Segundo os dados, os estudantes vindos de escolas públicas representam um terço desse total, preenchendo 1.107 das 3.320 vagas dos cursos de graduação.

No ano passado, o total de estudantes de escola pública matriculados foi de 32%, sendo todos aprovados por meio do vestibular. Em 2013, o percentual de alunos nessa situação foi de 30,9%, mas outros 53 estudantes foram aprovados pro Profis, elevando o número de jovens vindos de escola pública.

Pelo Profis, são selecionados alunos de escolas públicas de Campinas (a 93 km de São Paulo), com base nas notas do Enem, para fazer um curso na Unicamp. Quem se forma tem vaga garantida sem prestar vestibular. Essa é a primeira turma formada pelo programa. A entrada desses estudantes na graduação depende do número de vagas disponíveis e do rendimento do aluno.

Já entre os inscritos no vestibular 2013, o percentual de estudantes da rede pública foi de 28%, o que representa 17.509 candidatos, dentre os 67.403 inscritos --número recorde.

Além do Profis, a Unicamp usa ainda o Paais (Programa de Ação Afirmativa e Inclusão Social), implantado em 2004, que bonifica os candidatos da rede pública na nota final e prevê que estudantes que tenham cursado todo o ensino médio na rede pública brasileira recebam 30 pontos a mais na nota final da segunda fase.

Candidatos autodeclarados pretos, pardos e indígenas que tenham cursado o ensino médio em escolas públicas também têm, além dos 30 pontos adicionais, mais dez pontos acrescidos à nota final.

O percentual de candidatos autodeclarados pretos, pardos e indígenas matriculados é de 8,3%, ou seja, 277 estudantes. O índice geral de pretos, pardos e indígenas matriculados na Unicamp em 2013 é de 14,2%, o que corresponde a 472 estudantes.

(Folha de São Paulo)