domingo, 27 de janeiro de 2013

Orquestra de Instrumentos Reciclados de Cateura do Paraguai


Jovens de uma favela construída sobre um aterro sanitário de Cateura, no Paraguai, tocam desde Beethoven e Mozart até Frank Sinatra e The Beatles, com instrumentos feitos inteiramente de resíduos retirados do lixo.
violonista.jpg
Ada Maribel 13 anos, violinista da Orquestra de Instrumentos reciclados de Cateura
Fotos: Divulgação 

Guitarras feitas de latas, violoncelos de tambores de metal e instrumentos de sopro feitos a partir de calhas, compõem a Orquestra de Instrumentos Reciclados de Cateura. O grupo foi fundado há cinco anos pelo professor de música Favio Chávez, quando ele decidiu ensinar as crianças que vivem próximas ao lixo, mais suscetíveis a se envolver com gangues e drogas, a tocar instrumentos musicais.

a-orquestra.jpg

A falta de dinheiro poderia ser uma desculpa para embargar o projeto, mas a vontade e criatividade fizeram com que Chávez recrutasse catadores que ajudaram na obtenção de materiais para a confecção dos instrumentos. Logo, um programa de música foi criado para ajudar a manter as crianças longe de problemas. 

chavez.jpg
Favio Chávez, fundador e professor de música da orquestra

"Eles não estão apenas mudando suas vidas, mas as vidas de suas famílias e da comunidade”, explicou Myriam Cardozo, avó da violinista Ada Rios ao programa NTD TV. Ela conta que quando ouviu falar sobre o programa de música, correu para matricular sua neta de 14 anos. "Agora minha neta está cumprindo o meu sonho. Ela me faz tão feliz e é por isso que eu posso morrer feliz”.

O documentário


A Orquestra de Instrumentos Reciclados de Cateura repercutiu ao ponto de inspirar o documentário “Aterro Harmônico”, que será lançado em 2014. O filme é ambientado na cidade de Cateura, que foi construída sobre um aterro sanitário.

"Aterro Harmônica' é um filme sobre pessoas transformando o lixo em música; sobre amor, coragem e criatividade", afirma o trailer do documentário que está fazendo sucesso na internet.

"Um violino vale mais do que uma casa aqui", contou Chávez, no filme. Os instrumentos são feitos por Nicolas Gomez, um catador de lixo local.

(ECOD)