domingo, 27 de janeiro de 2013

Invenção utiliza “restos” para criar lápis novo


Quem utiliza lápis sabe que com o uso ele se torna curto até chegar ao ponto de ser impossível escrever. 
 lapis-capa.jpg

Com isso, muitos "pedacinhos" em perfeito estado (apesar de muito pequenos) são jogados fora. Para solucionar esse problema, os designers Hoyoung Lee, Youngwoo Park e Jinyoung Park criaram o 1+1=1. Um objeto que, de tão simples e útil, nos faz pensar: "como ninguém fez nisso antes?"

Trata-se de uma espécie de conector capaz de unir dois restos de lápis e criar um novo. O nome da invenção já explica a ideia dos designers: um pedacinho (aparentemente inútil) de lápis mais outro igual, conectado pela invenção, gera um lápis perfeito para ser utilizado novamente.

 lapis-02.jpg

“O número de pontas de lápis jogadas fora pode ser minimizado se nós pudermos transformar dois restos inúteis em um só e utilizá-lo", lembram os designers. Simples e altamente eficiente para reduzir o desperdício e a quantidade de novos lápis produzidos, o 1+1=1 é uma alternativa criativa para um problema tão comum.

Simplicidade

Lembra daqueles lápis que trocavam as pontas quando essas chegavam ao fim? A invenção funciona de forma bem parecida. Basta encaixar as pontas de lápis nos extremos do objeto. Quando a grafite estiver gasta, é só apontar normalmente ou trocar os lápis de lugar.

 lapis-03.jpg

Apesar da boa ideia, os criadores não informaram se ela será produzida nem qual seria o material utilizado. Plástico reciclado revestido com borracha ecológica seria uma boa opção. Outra sugestão?

(ECOD)