sábado, 26 de março de 2016

Game ensina sobre micropartículas

O Centro de Análise e Pesquisa de São Paulo (Sprace, na sigla em inglês), da Universidade Estadual Paulista (Unesp) disponibiliza gratuitamente um game que divulga a ciência de micropartículas. 

É o Sprace Game 2.0, onde os jogadores comandam uma nave miniaturizada e têm como uma de suas primeiras missões capturar partículas usando um sofisticado "campo de energia" para, em seguida, levá-las a um laboratório para que sejam analisadas e depois utilizadas na construção de novas estruturas.


O objetivo avança para além dos conceitos mais comuns nas grades curriculares de física, onde geralmente impera a visão simplista que vai só até a formação do átomo pelo trio conceitual dos elétrons, prótons e neutrons. 

Enquanto se diverte cumprindo missões nesse game, o jogador lida com conceitos bem mais sofisticados de partículas elementares como léptons e quarks, a composição dos hádrons (principalmente prótons e neutrons), o conceito de carga de cor e a interação entre mésons e bárions, o decaimento de partículas e noções de escala subatômica.

A primeira versão do jogo foi patrocinada pelo SPRACE com o apoio financeiro do CNPq. Nessa versão, o jogo foi produzido pela empresa de consultoria brasileira Summa Technology+Business e desenvolvido pela Black Widow Games Brasil. A segunda versão também foi patrocinada pelo SPRACE, com o apoio da FAPESP, e nessa versão a produção e desenvolvimento foram feitos pela Black Widow Games Brasil.
O jogo está disponível nas versões em português, inglês e espanhol. Baixe o jogo aqui.

(Fonte: acheseucurso)