sábado, 6 de abril de 2013

Apenas 21% dos internautas brasileiros protegem seus dados

Estudo da Microsoft mostra também que 42% dos entrevistados no país mantém seus PCs atualizados e 31% realiza os updates de segurança em celulares.
No Dia Internacional da Internet Segura, ouSafer Internet Day, a Microsoft divulgou os resultados do seu relatório semestral Microsoft Computing Safety Index (MCSI) que mostra que mais da metade dos entrevistados (55%) enfrentam diversos riscos online e somente 16% protegem seus dados. No Brasil, este índice é de 21% - mesmo que 87% dos entrevistados tenham informado que já enfrentaram algum tipo de ameaça na Web.
De acordo com a Microsoft, menos da metade dos participantes brasileiros da pesquisa (42%) realiza as atualizações de segurança em seus PCs. Esse número é ainda menor (31%) entre os updates para celulares.
"Dispositivos móveis muitas vezes têm tantas informações valiosas pessoais armazenadas - se não mais - quanto o próprio computador, tornando esses equipamentos igualmente atrativos para os criminosos que roubam dados", afirmou a chefe de segurança online da Microsoft, Jacqueline Beauchere. "O último MCSI demonstrou que não importa onde e como a pessoa acessa a Internet, exercitar hábitos online seguros são essenciais. Existem algumas medidas e tecnologias que as pessoas podem adotar para ajuda-las a se prevenir para que não se tornem vítimas de criminosos."
A pesquisa também mostrou que 63% dos entrevistados se preocupam com vírus em seus computadores - sendo que desses, 47% utilizam firewalls e 55% possuem antivírus em seus PCs.
Dos participantes, 38% afirmaram visitar sites seguros e 39% evitam o acesso a redes Wi-Fi públicas por meio dos seus dispositivos móveis.
Roubo de senhas ou informações da conta foram citados como uma preocupação por 45% dos entrevistados brasileiros, mas apenas 47% dos participantes atualizam as informações que os ajudam a prevenir roubo de identidade e somente 25% contam com um PIN (personal identification number) ou senha para destravar seus dispositivos móveis.
O MCSI entrevistou mais de 10 mil usuários de PCs, smartphones e tablets em mais de 20 países sobre suas impressões pessoais relacionadas à segurança na web. Os respondentes atribuíram notas em uma escala de 0 a 100. A pontuação global media foi de 34 para segurança online em PCs e 40 para dispositivos móveis - no Brasil, esses números foram 37 e 45, respectivamente.
Países que participaram da pesquisa: Alemanha, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, China, Coreia do Sul, Egito, Espanha, Estados Unidos, França, Índia, Indonésia, Japão, Malásia, México, Rússia, Singapura, Turquia e Reino Unido.
IDG NOW