domingo, 27 de novembro de 2016

França pretende transformar rodovias em miniusinas solares

A França pretende revestir 1.000 quilômetros de estradas, no interior do país, com painéis fotovoltaicos, ao longo dos próximos cinco anos. 

rodoviasolar-ecod.jpg
Cada quilômetro da cobertura Wattway é capaz de fornecer energia para 5.000 habitantes
Fotos: Joachim Bertrand/Colas

O projeto é fruto de uma parceria público-privada entre a empresa de infraestrutura de transporte americana Colas e o Instituto Nacional de Energia Solar da França (Ines, na sigla em francês).

Funcionará assim: blocos formados por placas fotovoltaicas especialmente desenvolvidas para suportar os grandes veículos serão colados sobre o pavimento já existente das rodovias. Segundo a empresa, eles possuem um revestimento resistente ao tráfego pesado (incluindo de caminhões) e à água da chuva.

De acordo com informações do The Huffington Post Canada, uma vez revestidas por estas placas, as rodovias vão captar a energia do sol e convertê-la em eletricidade, que poderá ser usada na iluminação pública, em prédios e lojas.



Eletricidade em larga escala

Cada quilômetro de blocos é capaz de fornecer energia limpa suficiente para garantir a iluminação de uma cidade com 5.000 habitantes.

A ministra da Ecologia da França, Ségolène Royal, destacou que, se bem sucedido, o projeto poderá fornecer eletricidade suficiente para 5 milhões de pessoas, cerca de 8% da população francesa.

Além de energia, as rodovias solares também podem ajudar na sinalização das estradas, com a instalação de lâmpadas LED.

Um passo mais ambicioso, mas que deve ganhar corpo em um futuro próximo, é a recarga de veículos elétricos por transferência de energia sem fio através de indução magnética.

GALERIA DE FOTOS (clique na imagem para ampliar)

(FONTE:ECOD)