domingo, 5 de março de 2017

Salvador instala ponto de ônibus sustentável com vegetação no teto

O primeiro ponto de ônibus ecológico de Salvador foi inaugurado na rua Arthur Azevedo Machado, no bairro Stiep. Idealizado pela Secretaria Municipal Cidade Sustentável (Secis), o abrigo foi repaginado com a implantação de grama, plantas ornamentais e flores da espécie Alamanda, também conhecida como Dedal-de-Dama.

pontoverde-ecod.jpg
Além da vegetação, o ponto de ônibus conta com uma biblioteca do projeto Livros Livres, que incentiva a troca gratuita de livros, e um paraciclo
Foto: Divulgação

Segundo um estudo da Universidade de São Paulo (USP) a temperatura no topo dos edifícios com jardim suspensos, como o do Ponto Verde ficou, pode diminuir em até 5,3°C. O modelo ainda pode levar a um ganho de 15,7% em relação à umidade relativa do ar, assim como atrair pássaros, borboletas e outras espécies.

“Temos planos de fazer o mesmo em outros locais, mas ainda não tem meta estipulada. Esse vai ser referência, ponto de partida”, afirmou ao Correio o secretário de Cidade Sustentável, André Fraga.

O ponto do Stiep foi escolhido como pioneiro porque é um modelo clássico de salvador, projetado pelo arquiteto João da Gama Filgueiras, o Lelé, e não contava com área verde próxima.

Além da vegetação, o ponto de ônibus conta com uma biblioteca do projeto Livros Livres, que incentiva a troca gratuita de livros, e um paraciclo.

A prefeitura também tem planos de instalar o modelo verde de remodelação em postos da Polícia Militar e sedes de repartições públicas.

(Fonte: ECOD)