sábado, 9 de novembro de 2013

CMN aprova inclusão de tablets no Programa Minha Casa Melhor

Em reunião extraordinária, o Conselho Monetário Nacional (CMN) incluiu os tablets na lista de produtos que podem ser financiados pela linha de crédito.


A compra de tablets de até 800 reais poderá ser financiada pelo Programa Minha Casa Melhor. A inclusão do produto no rol dos utensílios domésticos que podem ser finaciados pela linha de crédito dirigida aos beneficiários do Programa Minha Casa, Minha Vida foi autorizada em reunião extraordinária do Conselho Monetário Nacional (CMN), junto com fornos de micro-ondas, móveis para cozinha, e estantes ou rack.
Os preços máximos dos itens que podem ser financiados foram os seguintes: R$ 800 paratablets, R$ 350 para micro-ondas, R$ 600 para móveis de cozinha e R$ 350 para estantes eracks. De acordo com o Ministério da Fazenda, a inclusão desses itens atende a uma demanda dos beneficiários do programa por novos produtos.
A medida já estão em vigor. Cada mutuário só poderá se endividar em R$ 5 mil. As condições dos financiamentos também foram mantidas: juros de 5% ao ano e prazo de 48 meses para pagar as parcelas.
Operado pela Caixa Econômica Federal, o Minha Casa Melhor tem orçamento de R$ 18,7 bilhões.
(IDGNOW)